Início Curiosidades Vamos chamar os bois pelo nome… O Audimilhões! O Carrinho do Sorteio

Vamos chamar os bois pelo nome… O Audimilhões! O Carrinho do Sorteio

1240

Domingos Azevedo, bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC) ficou incomodado com a divulgação de que a Audi tinha ganho o concurso para o fornecimento dos carros que vão ser sorteados no viscoso sorteio do fisco.

Para o bastonário da OTOC não se devia divulgar a marca dos carros ou então deviam ser várias marcas. Segundo o seu entendimento seria uma questão de transparência porque desta forma a Audi está a ser beneficiada por ver o seu nome associado ao sorteio, é “publicidade encapotada” afirma Domingos Azevedo.

Concordo com Domingos Azevedo, é publicidade encapotada sim! Mas, ao contrário do que ele afirma, não é o governo que vai fazer publicidade à Audi, é a Audi que vai fazer publicidade ao governo.

A Audi, ao ter associada a sua marca de prestígio e qualidade ao governo que temos, vai permitir que este tenha pelo menos uma coisa positiva para mostrar o que, convenhamos, ao fim de três anos já não era sem tempo. Bem sei que a imagem da marca já anda meio afectada por muitos governantes se fazerem transportar nas viaturas das argolas mas sempre era mais discreto, não era tão visível.

Com o governo a colar-se e a aproveitar a imagem da Audi esta fica claramente prejudicada. Eu próprio andava tentado a comprar um carro,  pensei num Audi R8 que é um carrito engraçado, simpático, paga classe 1 nas portagens, com um bom consumo para acumular cupões para o Audimilhões . Mudei de ideias, não quero ser visto ao volante dum carro da marca do regime. Não faltava mais nada!

Os Portugueses são um Povo porreiro e facilmente adaptável aos caprichos do regime, assim que foi conhecida a noticia de que a Audi era a marca de automóveis a sortear começaram logo a perguntar uns aos outros “Já jogaste no Audimilhões?” Fantástico não é? Pelo menos não usaram o apelido do líder para a piada, não era agradável andarem por aí a perguntar “Já jogaste no Co*****?”

Um verdadeiro paraíso este meu País. Paraíso para corruptos e burlões entenda-se. Mais de DOIS MILHÕES de pobres, mais de dois milhões de pessoas que não conseguem ter uma refeição de carne ou de peixe. Mais de dois milhões, têm a noção da enormidade que é? Têm a noção da quantidade de crianças e idosos que estão dentro desses mais de dois milhões?

Um País onde um cidadão é condenado por alegadamente roubar 70 cêntimos, mas onde um banqueiro é perdoado de pagar um milhão de euros porque oportunamente deixaram prescrever o processo. Um País onde é possível os responsáveis pelos BPN’s, BPP’s continuarem a gozar o saque e a prepararem-se para mais umas oportunas prescrições.

Claro que tudo isto só é possível com a conivência do regime, dos antigos governantes e das oposições. Claro que tudo isto só é possível enquanto não se pedirem explicações à maior parte dos nomes que passaram pelos governos dos últimos 40 anos sobre a forma como conseguiram as fortunas que ostentam e a forma como saltam de forma vergonhosa de cargos públicos para tachos privados.

Mais de dois milhões de Portugueses passam fome, não venham as Isabel Jonet deste País dizer que passar fome é uma coisa diferente, não venham por favor dizer isso, não me apetece ter de baixar o nível na resposta. Mais de dois milhões de Portugueses passam fome enquanto a grande maioria dos protagonistas dos últimos 40 anos recebem pensões de dezenas de milhares de Euros sem nunca terem contribuído na devida proporção para essas pensões.

Vamos lá sortear automóveis, pode ser que um desses mais de dois milhões de Portugueses que passam fome tenham a sorte (ou azar) de ganharem um magnifico Audi A4 ou A6 com o cupão do pacote de arroz que compraram para alimentar a família. Vamos lá fingir que esta fantochada do sorteio vai resolver os problemas do País.

Vamos lá criticar um jornalista que pergunta ao ex-primeiro ministro porque raio ontem dizia que era branco e hoje diz que é preto mas não critiquemos os jornalistas que não perguntam ao líder do regime o motivo por ter andado durante 3 anos a destruir o estado social, a destruir a educação, a destruir a saúde, o motivo que o levou a atirar mais de dois milhões de Portugueses para a miséria mas que agora, de forma oportunista e demagoga vem dizer que temos de olhar para o estado social. Será por estarmos perto de eleições?

Uma sumidade das finanças públicas (Teodora Cardoso) deu aos deputados do regime a fantástica ideia de taxar os levantamentos bancários, ou seja, todos os Portugueses, os “abastados” que ainda têm a sorte de ter vencimento, recebem através de conta bancária e sempre que fizerem um levantamento pagam uma taxa. Esta medida incentiva a poupança diz ela.

Irra alguém faz o favor de explicar a esta senhora, já fora de prazo de validade, que para poupar é preciso sobrar alguma coisa, Alguém lhe explica que se não há dinheiro para comer por maioria de razão não há poupanças possíveis. Alguém lhe explica que taxar os parcos rendimentos é atirar mais gente para a miséria.

Manuela Ferreira Leite há uns anos fez um comentário infeliz e sugeriu que se suspendesse a democracia. A democracia está suspensa há muito tempo embora de forma encapotada. O que faz falta é uma limpeza geral ao sistema corrupto e de compadrio.Como escreveu Eça de Queiroz “Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente e, pela mesma razão”. Mudados, não reciclados!

Vamos chamar os bois pelo nome… Este País está a ficar perigoso e não se vislumbra uma efectiva mudança de fraldas, perdão, de políticos!

O Tá Quieto tem: Videos engraçados, Videos de Rir, Imagens cómicas, Pensamento do dia, Crime, Apanhados, Videos Desporto, Coisas estúpidas, Imagens inacreditáveis, videos para rir, anedotas para rir, videos engraçados youtube, animais engraçados.

Partilha com os teus amigos 😉
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin